Instituto Barão do Serro Azul entrega carrinhos de coleta de materiais recicláveis para projeto

Como primeiro trabalho do Instituto Barão do Serro Azul, o presidente da Associação Comercial do Paraná “ ACP, Camilo Turmina, entregou nesta segunda-feira (8) cinco carrinhos para coleta de materiais recicláveis para projeto menos uma da Igreja Assembleia de Deus Melquizedeque Boa Vista. Os carrinhos irão contribuir para o trabalho de coleta de materiais recicláveis e o seu uso para a fabricação de artesanato como parte das atividades desenvolvidas para acolhimento de moradores de rua.

“Este é o primeiro trabalho do Instituto que irá crescer muito e poder contribuir com a construção de uma sociedade melhor. Afinal, mais importante do que ser ajudado, é ajudar ao próximo”, disse o presidente.

A coleta de materiais recicláveis faz parte das atividades terapêuticas desenvolvidas no local como parte do tratamento, ensinamento e acolhimento de pessoas que por um motivo ou outro viviam em situação de rua e querem melhorar de vida. A nossa dificuldade não está em retirar a pessoa da rua e sim em reeducar seus hábitos que foram aprendidos na rua, conta o pastor Edson Roberto Moreno responsável pelo projeto.

Juntamente com a entrega de materiais, o presidente da ACP, a coordenadora da Câmara Setorial de Saúde, Malu Gomes, o vereador Professor Euler, e o assessor da Regional da Boa Vista da prefeitura de Curitiba, Carlos Zanetti, puderam conhecer a estrutura do projeto assistencialista e o trabalho que é desenvolvido há 13 anos no local. A Associação Comercial do Paraná já nos acompanha há muito tempo, nós agradecemos muito a visita e por estar conosco, mostrando um pouco mais do nosso trabalho, disse o voluntário gerente do projeto, Nelsinho Pontes.

Instituto Barão do Serro Azul “ Braço social e filantrópico da Associação Comercial do Paraná, o Instituto segue os valores presentes no legado de Ildefonso Correia Pereira, fundador da entidade. Seu objetivo é promover, por meio da iniciativa privada, a melhoria da qualidade de vida nas áreas educacional, de saúde, assistencial, desenvolvimento econômico e social, cultural, sustentável, entre outras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *